Pelotas Parque Tecnológico integra quadro social da Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação (Reginp)

Pelotas Parque Tecnológico integra quadro social da Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação (Reginp)

O Pelotas Parque Tecnológico agora faz parte do quadro social da Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação (Reginp), que reúne parques tecnológicos em diferentes estágios de operação e incubadoras associadas. A entrada na rede foi oficializada no dia de 6 de junho, em reunião com a diretoria da rede e representantes do Parque, em Pelotas.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Pelotas, Fernando Estima, realizou uma apresentação institucional aos representantes do Reginp, Carlos Aranha, presidente; Artur Gibbon, vice-presidente; Márcio Machado, Diretor de Inovação; Daniel Andriotti, Coordenador Técnico do Conselho de Inovação e Tecnologia da Fiergs e Tiago Lemos, da Consultoria Moove.

Para a diretora executiva do Pelotas Parque, Rosani Ribeiro, este é um momento muito significativo. ”Estamos inseridos na mais importante rede de ambientes inovadores, pioneira no país e referência. Todos os seus associados estão comprometidos com o tema e no desenvolvimento das empresas e do estado do RS, em vista disso, a força desta rede é exponencial e de suma importância para a sociedade gaúcha”, avaliou.

Na próxima reunião bimensal da Reginp, dia 22 de junho, em Caxias do Sul, será feita uma apresentação do Pelotas Parque Tecnológico para os demais parques, incubadoras e ambientes de inovação que compõem a rede.

Participaram também pelo Pelotas Parque os conselheiros Sergio Santi (SEPRORGS), Felipe de Souza (UFPEL), Fabio Neves (UCPEL), Roger Silva (Associação Comercial de Pelotas) e os proprietários da Coplace, Leandro e Marcia Gausmann.

FOTOS REUNIÃO
https://www.dropbox.com/sh/1e69uwxsqj6m7de/AAA7FORMZ8uJkOtBNQdgotBVa?dl=0

FOTO PARQUE
https://www.dropbox.com/s/quxkxgz8hjkv60u/PelotasPArque_3.JPG?dl=0

Pelotas Parque Tecnológico

O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural. São 28 empresas iniciantes ou consolidadas no mercado ligadas ao Parque que desenvolvem projetos sobre tecnologia e inovação voltados a áreas da saúde, indústria criativa, informação e comunicação.

O espaço abriga atualmente 17 companhias com foco em desenvolvimento de produtos e soluções inovadoras, divididas em “consolidadas” (iniciantes com subsídios) e “consolidadas” (dotadas de autonomia). As outras 11 também se somam ao ecossistema de organizações presentes no Parque como institucionais, agregando conhecimentos de ensino e pesquisa aos demais empreendimentos.

O Parque Tecnológico oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas (gerenciada pela Co.place), auditório para 230 pessoa, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. No site http://pelotasparquetecnologico.com.br é possível encontrar mais informações e os contatos.

Palavras chave: Pelotas; Parque Tecnológico; direção; empresas. Inovação. tecnologia; desenvolvimento; economia; indústria criativa.

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA
Grazieli Gotardo – 51 99162-0568 – assessoria@reversocomunicacao.com.br
Tatiane Mizetti (Conrerp/4ª 2820) – 51 99235-8086 reverso@reversocomunicacao.com.br
51 – 3398-7958
Reverso Comunicação Integrada (Conrerp/4ª PJ116)
www.reversocomunicacao.com.br

 

Inscrever

Se inscreva agora na nossa news