Pelotas Parque Tecnológico recebe fórum da ABIN e INPI dia 23 de maio

Pelotas Parque Tecnológico recebe fórum da ABIN e INPI dia 23 de maio

Para debater a inovação tecnológica e o conhecimento, a Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) juntamente com o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI)  promovem o Fórum de Proteção do Conhecimento Sensível, no próximo dia 23 de maio, no Pelotas Parque Tecnológico (Av. Domingo de Almeida, 1785). O tema abordado será “Proteção do conhecimento sensível e propriedade industrial: aliados para a inovação tecnológica”. O evento é gratuito e será realizado em conjunto com o Pelotas Parque Tecnológico, Prefeitura Municipal de Pelotas e Universidade Federal de Pelotas.

A abertura será realizada pelo Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da UFPel, professor Flávio Fernando Demarco; o Coordenador de Inovação Tecnológica da UFPel, professor Vinicius Farias Campos; o Coordenador de Pesquisa da UFPel, professor Marcos Brito Corrêa; o Superintendente Estadual da ABIN no Rio Grande do Sul, Valdir Miguel Langbeck Soares; o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Pelotas, Fernando Estima, e o Coordenador da Incubadora Conectar UFPel, professor Felipe Marques.

Em seguida, ao longo do evento, haverá uma palestra da ABIN com Sérgio Malta, abordando “Medidas Básicas de Proteção e Conhecimento Sensível”. Logo após, Roberto Marques Strohaecker, do INPI, apresentará “Proteção do Conhecimento: Aspectos relativos à Propriedade Industrial”. A partir das 16h haverá um debate entre as instituições presentes: UFPel, IFSul, FURG, UCPel, Embrapa e Pelotas Parque Tecnológico.

O Fórum vem sendo realizado em diversos municípios do Brasil e faz parte da disseminação do Programa Nacional de Proteção do Conhecimento Sensível (PNPC). O conceito de Conhecimento Sensível compreende todo o conhecimento sigiloso ou estratégico, cujo o acesso não autorizado pode comprometer a consecução dos objetivos nacionais e resultar prejuízo ao País, necessitando de medidas especiais de proteção . O PNPC destina-se à proteção de instituições nacionais, públicas ou privadas, que produzem ou custodiam conhecimentos considerados sensíveis para o país relativos às seguintes áreas de atuação: Defesa Nacional; Pesquisa, desenvolvimento e inovação científica e tecnológica; Energia, incluídas as fontes alternativas; Minerais e materiais estratégicos;

Conhecimentos dos povos indígenas e das comunidades tradicionais; Agropecuária; Desenvolvimento socioeconômico; Educação e promoção de cultura de proteção do conhecimento sensível.

As inscrições podem ser realizadas através do formulário: http://bit.ly/2wJD69S

A organização é do IFSul, UCpel e FURG. O apoio é da Associação Comercial de Pelotas, Centro das Industrias de Pelotas, SEPRORGS, Senac e do APL Complexo Industrial da Saúde.

SERVIÇO
O quê: Fórum de Proteção do Conhecimento Sensível
Quando: 23 de maio, das 14h às 17h
Local: Pelotas Parque Tecnológico (Av. Domingo de Almeida, 1785)
Inscrições: localizar
http://bit.­­ly/2wJD69S

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA
Grazieli Gotardo – 51 99162-0568 – assessoria@reversocomunicacao.com.br
Tatiane Mizetti (Conrerp/4ª 2820) – 51 99235-8086 reverso@reversocomunicacao.com.br
51 – 3398-7958
Reverso Comunicação Integrada (Conrerp/4ª PJ116)
www.reversocomunicacao.com.br

 

Inscrever

Se inscreva agora na nossa news